Sobre os Queen          Cronologia          Discografia          Freddie Mercury          Brian May          Roger Taylor          John Deacon

A NIGHT AT THE ODEON - HAMMERSMITH 1975

A banda mais régia da Grã-Bretanha aguarda a vossa presença…
Melody Maker, Dezembro de 1975

 

24 de Dezembro de 1975; Véspera de Natal no Hammersmith Odeon em Londres. No palco desta sala lendária, os quatro membros dos Queen estão a terminar um concerto completamente inovador, transmitido ao vivo na BBC Tv, e também a chegar ao clímax do ano com mais eventos e o mais emocionante das suas carreiras até àquele momento - um ano que os levou da Grã-Bretanha até à América e Japão, terminando assim a transição de uma banda que estava ambiciosamente a começar para uma das bandas mais importantes dessa era e das próximas.

O concerto era o clímax de 26 datas da "Queen Invite You To A Night At The Opera Tour", que tinha começado a meio de Novembro de 1975 e que já tinha visto a banda a tocar quatro noites seguidas na mesma sala, um mês antes. A revista Melody Maker tinha anunciado a tour com as palavras seguintes: "A banda mais régia da Grã-Bretanha aguarda a vossa presença…", e as críticas aos concertos anteriores tinham sido boas. "Os Queen e a sua música, apresentação e produção - tudo sobre eles aponta para que sejam mais importantes do que qualquer outra banda que já tenham ouvido." podia ler-se na revista  de Rock Britânica Sounds. "Em vez de simplesmente seguirem os caminhos já traçados para chegar à glória, eles criaram os seus próprios caminhos." acrescentou o The Sun.  

Escolhida a dedo entre os álbuns Queen, Queen II, Sheer Heart Attack e do triunfante A Night At The Opera, a lista de músicas tocadas, mostrava todas as facetas da banda, desde o hard rock adornado de Keep Yourself Alive e Seven Seas of Rhye até à grandeza barroca de The March Of The Black Queen, desde o Heavy Metal de Ogre Battle e Son and Daughter até ao animado quebrar de barreiras entre géneros músicais de Bring Back That Leroy Brown e do hit Killer Queen. Foi também a tour em que os Queen tocaram pela primeira vez uma das músicas que se tornaria lendária - Bohemian Rhapsody  - o público apanhado de surpresa reagiu com uma recepção arrebatadora.

Décadas antes da expressão "multimédia" se tornar popular, este concerto de Natal foi muito mais que apenas um concerto. Foi transmitido em stereo simultaneamente na Radio 1 da BBC e na instituição de televisão da BBC 2, a The Old Grey Whistle Test (o apresentador do programa, Bob Harris, apresentou a banda em palco). Felizmente, apesar das camaras de televisão terem sido desligadas antes da banda voltar para o seu segundo encore, e por isso não existem gravações da Seven Seas Of Rhye e da See What a Fool I've Been - o áudio continuou a gravar e assim, os formatos em CD e LP contém o concerto na sua totalidade.

Em 2015, foi finalmente dado a este lendário concerto o pedestal que merecia, com um estilo à medida, contendo uma nova mixagem de áudio incrível em stereo e 5.1. surround-sound, e ainda um restauro de vídeo. Incluindo 15 músicas dos primeiros quatro álbuns visionários, covers de quatro clássicos do Rock'n'Roll interpretados com o brio característico dos Queen, A Night At The Odeon capturou a banda no seu auge e com a maior anto-confiança.

Para além do áudio e vídeo do concerto, a versão DVD e Blu-Ray contém dois bónus especiais - "Looking Back At The Odeon",  um documentário de 22 minutos com entrevistas nunca antes vistas de Brian e Roger com o apresentador do Old Grey Whistle Test, Bob Harris sobre o concerto de 1975 no Hammersmith Odeon, juntamente com filmagens raramente vistas do concerto em Budokan no Japão em 1975, incluindo três músicas gravadas durante a sua lendária tour no Extremo Oriente.

Bob Harris falou sobre este concerto: "A véspera de Natal de 1975 marcou um momento importante na história do 'Old Grey Whistle Test' e dos Queen. A banda estava em modo festa no Hammersmith Odeon nessa noite e tinham razões para tal. Já tinham passado a maioria desse mês no top de singles do Reino Unido com a sensacional "Bohemian Rhapsody", cujo o vídeo redefiniu instantaneamente  a apresentação da música na televisão. Eles estavam no topo - confiantes e confortáveis em palco no final de uma fantástica tour pela Grã-Bretanha. Vesti o fraque e a cartola para os saudar e apresentá-los antes deles tocaram um dos melhores sets que alguma vez vi. Foi uma noite incrível mas foi ainda mais que isso. Foi nesse momentos que os Queen se tornaram superestrelas."

1 - Now I'm Here  (Brian May)
2 - Ogre Battle (Freddie Mercury)
3 - White Queen (As It Began)  (Brian May)
4 - Bohemian Rhapsody  (Freddie Mercury)
5 - Killer Queen  (Freddie Mercury)
6 - The March Of The Black Queen  (Freddie Mercury)
7 - Bohemian Rhapsody (Reprise)  (Freddie Mercury)    
8 - Bring Back That Leroy Brown  (Freddie Mercury)
9 - Brighton Rock  (Brian May)
10 - Guitar Solo  (Brian May)
11 - Son And Daughter  (Freddie Mercury)
12 - Keep Yourself Alive  (Brian May)
13 - Liar  (Freddie Mercury)
14 - In the Lap of the Gods... Revisited  (Freddie Mercury)
15 - Big Spender (Cy Coleman/Dorothy Field)
16 - Jailhouse Rock (Medley)  (Queen)
17 - Seven Seas Of Rhye  (Freddie Mercury)
18 - See What A Fool I've Been  (Freddie Mercury)
19 - God Save The Queen  (arr. Brian May)

© 2011 - 2020 - Queen Portugal - Portal da Comunidade de Fãs Portugueses dos Queen