No primeiro vídeo de Storytelling with Brian May, o nosso amado guitarrista fala-nos de Resurrection.


"É massivo, em retrospectiva, e é tão ridiculamente ambicioso do ponto de vista de cantar e também de tocar, acho que é o tal que quero na minha lápide".



A Classic Rock Magazine deste mês conta com uma boa dose de Queen.


Greatest Hits - Página 86

"Greatest Hits é hoje uma grande arte."


10/10


Back to the Light - Página 88


"Agora reforçado de forma fantástica com extras excelentes."


7/10


Roger Taylor Tour - Página 33


Anúncio da Outsider Tour 2021 - Os ingressos já estão disponíveis para a Tour de 14 datas no Reino Unido @ www.rogertaylorofficial.com


Fonte: Queen Online


Hoje o nosso querido Brian May celebra o seu 74.ª aniversário, à boleia desta data tão especial republicamos um artigo original da revista BLITZ, sobre o facto de Brian não utilizar palhetas para tocar guitarra.


Brian May admitiu, em entrevista ao programa "Raised On Radio" da BBC, não utilizar palhetas para tocar guitarra.


"Costumava usar palhetas muito flexíveis, achava que eram boas para obter velocidade. Mas, lentamente, fui percebendo que quando mais rígidas fossem mais sentia o que acontecia na corda, nos dedos", explicou.


A solução encontrada por Brian foi uma velha moeda gasta, conhecida no Reino Unido como sixpence. "Era tudo aquilo de que precisava. Mudei a forma como a segurava, dobrei um dos dedos em redor, e nunca mais quis outra coisa".

"É macia o suficiente para não partir as cordas de aço porque é feita de prata, níquel ou outra coisa", acrescentou.



Fonte: BLITZ