Freddie Mercury - Um excelente desenhador


Em poucos segundos, o talentoso vocalista Freddie Mercury conseguia fazer obras de arte.


Que Freddie Mercury tinha habilidades artísticas ninguém duvidava. E não nos estamos a referir apenas ao seu lado público, o de compor músicas e interpretá-las. Fazemos referência objectivamente à sua formação na Ealing Technical College, na qual conseguiu um diploma como desenhador gráfico.


Peter Freestone era uma das pessoas que o conheciam quase na perfeição. No seu livro, "Freddie: an intimate memoir", assegura que a capacidade do cantor era descomunal: o que pensava podia transformar num desenho. Com muito impacto.


Que esta história sirva de exemplo. Um dia de repouso e de interesse pela pintura, Freddie Mercury estava atento a desfrutar de um catálogo. E a sua atenção prendeu-se por uma das obras de Henri Matisse, considerados por muitos críticos como O Artista do Século XX, juntamente com Pablo Picasso.


O preço das obras de Matisse oscilava entre as 10.000 e as 12.000 libras (no final da década de 80). Uns preços que chamaram à atenção de Freddie e por isso, disse a Peter: "Isto é ridículo, eu podia pintar isto". E assim foi. Pediu um papel e com a ajuda de um lápis, fez uma cópia muito parecida ao original de Matisse. SÓ PRECISOU DE 20 SEGUNDOS! SIMPLESMENTE 20 SEGUNDOS!


Está claro que toda a obra de Matisse não pode ser julgada pela maneira que é interpretada por uma pessoa e em menos de meio minuto, mas é uma amostra clara da sensibilidade e habilidade artística de Freddie, um grande vocalista e compositor que também podia expressar os seus dotes através do desenho.


fonte: A Queen Of Magic

© 2011 - 2020 - Queen Portugal - Portal da Comunidade de Fãs Portugueses dos Queen