Keep Smiling - O tema que Freddie Mercury compôs para um Fã


Graças ao site A Queen Of Magic, trazemos agora uma história muito bonita e que demostra o quão incrível o nosso Freddie Mercury conseguia ser... Keep Smiling o mais belo presente que Freddie ofereceu a um fã...!


Estávamos no início de 1987, os Queen tinham estado na estrada com triunfante Magic Tour, os nossos quatro rapazes tinham agora tempo para fazer outras coisas, bem como trabalhar nos vários projetos a solo, sem a pressão habitual a que a banda estava sujeita.


Freddie, apesar do pouco sucesso de Mr. Bad Guy, o seu primeiro álbum solo, lançado alguns cerca de dois anos antes, decidiu alugar algumas horas nos Townhouse Studios. Queria experimentar algumas ideias e assim começar a fazer um segundo álbum solo, com Mike Moran.


Enquanto trabalhava no primeiro single, que viria a ser uma cover dos Platters, intitulada The Great Pretender, Freddie recebeu uma chamada do Queen Fan Club.


Jacky, a responsável do clube, recebeu um telefonema de uma família, de um fã dos Queen, completamente desesperada. Esta família disse a Jacky que o seu filho Colin Preston sofria de cancro e estava a passar por um mau momento, Colin estava a perder a sua batalha.


Colin Preston era um grande Fã dos Queen e vivia para a banda. Colin tinha por hábito vestir-se, pentear-se e agir como o seu próprio ídolo - Freddie Mercury. Por vezes Colin considerava-se um duplo do seu ídolo.


A família tentou desesperadamente a possibilidade do próprio Freddie ir ao hospital visitá-lo. Freddie não era dado a esse tipo de coisas. Não existem informações sobre um caso semelhante em que Freddie decidiu visitar um Fã. Ele teria muitos motivos para não fazê-lo, já que, como é sabido, Freddie era uma pessoa muito reservada. Mas a história de Colin tocou-o profundamente. E mais, considerando que naquela época, era bem provável que Freddie já devesse conhecer o seu diagnostico quanto à terrível doença que o atacou.


A CANÇÃO


Freddie disse a Mike Moran e David Richards, companheiros de equipa que estavam no estúdio com ele, que gravaria uma música. Essa música, chamava-se Keep Smiling, gravada em fita, fita essa que foi entregue à família de Colin.


Os parentes de Colin fotografaram-no com a fita que vinha acompanhada de uma fotografia de Freddie, a mesma da capa do The Freddie Mercury Album, acompanhada por uma curta mas calorosa mensagem de Freddie: "Querido Colin. Continua a sorrir, espero que gostes da tua música. Amor. Freddie." A fita tinha o título de Song for Colin (Keep Smiling).

Infelizmente Colin, com 26 anos de idade, viria a perder a sua batalha contra o cancro logo de seguida. A família decidiu, num último gesto, cremá-lo juntamente com a fita que o próprio Freddie lhe havia enviado. Assim, ninguém, num acto desprezível mas lamentavelmente provável, desenterraria o seu caixão para levar a fita.


De salientar ainda que um jornal, da região onde Colin residia, ter documentado que uma série de rapazes pertencentes a uma equipe de polo aquático terem conseguido arrecadar uma quantia considerável de dinheiro para as últimas férias dignas de Colin.


Em toda esta história, curiosidade ainda para o facto de em 2000, ou seja 13 anos depois, uma música com o mesmo título ter surgido na fantástica The Freddie Mercury Solo Collection. Nada garante que esta versão, com apenas 1 minuto e meio de duração, foi a mesma que Freddie enviou a Colin no início de 1987. A versão presente na The Freddie Mercury Solo Collection, pode bem ser uma demonstração daquela que Freddie enviou a Colin. Prova desta história é precisamente o grito dado por Freddie a meio da música: "Colin!"


Freddie tinha o coração enorme, e o Colin com a sua paixão aos nossos Queen continua a representar tantos e tanto de nós... Depois desta história, vamos lá ouvir esta raridade e vê-la com outros olhos... Keep Smiling pessoal!


Fonte: A Queen Of Magic