Queen The Greatest | EP 9: Queen 1976: Somebody To Love - Será o maior êxito de Freddie?


Depois do incrível sucesso mundial de A Night At the Opera e de Bohemian Rhapsody, todos os olhos estavam voltados para os Queen, no sentido de saber o que faria a banda a seguir. Para Freddie Mercury, a inspiração veio de uma das melhores cantoras do mundo.


Este episódio celebra aquele que é, sem dúvida, um dos maiores clássicos sucessos dos Queen, a obra-prima inspirada no evangelho, Somebody To Love.

Tendo estabelecido uma marca tão alta com A Night At The Opera, todos os olhos estavam voltados para o Queen para ver o que viria a seguir.


Como sempre, a banda recusou-se a ficar parada e teve a intenção de explorar novos caminhos musicais. Para Somebody To Love, Freddie encontrou inspiração numa das melhores cantoras do mundo para criar este clássico dos Queen.

Brian May: “Freddie queria ser Aretha Franklin, tens que ter isso em mente, e isso explica tudo. Ele amava Aretha. (...) Meio que seguiu os passos de ‘Bohemian Rhapsody’ no sentido em que estávamos a construir essas várias partes vocais, mas desta vez estávamos a ser um coro de gospel, em vez de ser um coro inglês.

Freddie Mercury “E lá está eu a falar sobre Aretha Franklin, meio que os deixou um pouco loucos ... (...) Fui incentivado pela abordagem gospel que ela tinha nos seus álbuns, os álbuns anteriores.

Brian May: “Freddie veio muito bem preparado com muitas partes vocais e nós trabalhamos apenas para superar isso. Era uma sensação muito boa. Eu lembro-me sempre de pensar 'sim, isto vai ser algo ótimo.'

Para muitos, Bohemian Rhapsody foi a melhor música que Freddie já escreveu, mas de acordo com o próprio, ele não concordava necessariamente com isso...

Freddie Mercury: “As pessoas vão, obviamente, não importa o quanto tu tentes, vão pensar em termos dos sucessos anteriores. Eu realmente pensei ... Ok, 'Bohemian Rhapsody' é um grande sucesso, mas no que diz respeito à minha habilidade de escrita, acho que posso escrever melhor. E eu olhei para isso apenas desse ponto de vista. Para a minha estimativa, acho que uma música como ‘Somebody To Love’… do ponto de vista da escrita… (é) uma música melhor.

Somebody To Love por pouco não ficou em primeiro lugar nos tops do Reino Unido, chegou a número 2. Mas a música rapidamente tornar-se-ia num exponente em palco, como pode ser testemunhado na apresentação da banda no Milton Keynes Bowl em 1982, imagens mostradas neste episódio.

Dez anos depois, no The Freddie Mercury Tribute Concert, a música teve o seu lugar firmemente cimentado na história dos Queen, graças à performance inesquecível de Brian, Roger, John, acompanhados por George Michael e pelo London Gospel Choir.

A subsequente inclusão da música no Five Live EP, com as apresentações de George Michael e Lisa Stansfield no Tributo ano nosso Freddie, fez com que a música finalmente pudesse chegar ao cimo dos tops do Reino Unido em 1993.

Próxima semana: Queen 1976: Hyde Park - Picnic By The Serpentine.


Fonte: Queen Online