Neste dia os Queen + Paul Rodgers actuavam no Estádio do Restelo


Passam hoje exactamente dezasseis anos desde o concerto Queen + Paul Rodgers no Estádio do Restelo. Esta era primeira em que a banda actuava no nosso país, esta data teve ainda a particularidade de ter marcado o primeiro concerto em Estádio dado pela banda após o partida do nosso querido Freddie.


O Queen + Paul Rodgers faziam a sua primeira digressão, ao todo foram 41 concertos com a banda a ser constituída pelos nosso Brian May e Roger Taylor, Paul Rodgers estava nos vocais, o velho conhecido Spike Edney encarregue das teclas, Danny Miranda ocupava o posto no baixo, e Jamie Moses fazia as sua vezes na guitarra rítmica.

A promoção oficial do concerto ficou muito aquém das espectativas, o que gerou muita preocupação entre os fãs, afinal tratava-se da primeira vez dos Queen em Portugal, mesmo que num formato mais reduzido .


A crescente preocupação resultou numa verdadeira febre Queenesca em Portugal, na altura foram muitos os fãs que se organizaram num gigantesco trabalho de promoção deste concerto.


Foram muitas as acções, desenvolvidas pelos fãs, em prol da promoção da data. Dando sempre muito do seu tempo, numa entrega total, este pessoal conseguiu inclusivamente ir à SIC, ao programa do Herman, promovendo os Queen e claro o 2 de Julho de 2005.


O dia 2 de Julho de 2005 é sem dúvidas um marco para todos os fãs Portugueses dos Queen, quem passou pelo Restelo naquela tarde/noite participou de um momento histórico.


De Tie Your Mother Down, passando por Crazy Little Thing Called Love, Love Of My Life e claro a eterna Bohemian Rhapsody, muitos foram os êxitos dos Queen cantados em plenos pulmões por todos aqueles que se deslocaram ao Restelo.

O fã Pedro Silva foi um deles, que registou muitos dos momentos daquele 2 de Julho, graças a ele podemos agora viajar até aquela tarde/noite no Restelo.

Todo o trabalho dos fãs envolvidos na promoção deste concerto, continua para nós a ser uma inspiração


Muito obrigado por tudo o que nessa época fizeram, em que a internet não era como é hoje, e em que tanto deram de vocês!