Queen The Greatest | EP 20: Queen nos Filmes - Take 1: Flash Gordon


Queen The Greatest: uma celebração de 50 dos maiores momentos da história dos Queen até agora. Uma série de 50 semanas no YouTube que celebra os momentos-chave da história dos Queen lembrando-nos o porquê da banda E da sua música continuarem a ser amadas em todo o mundo.

Uma aventura incomum vê os Queen a assumir a banda sonora de um filme, com o grupo a decidir que o álbum resultante deve ser tão musicalmente recompensador quanto os anteriores. Brian e Roger descrevem como surgiu emocionante esse projeto e como abriu novos caminhos.


Acho que estávamos bem à frente.” Roger Taylor.


Oh, não vai funcionar para o meu filme”. Dino De Laurentiis, Produtor.

Queen The Greatest, a jornada pela história dos Queen até aos dias de hoje, celebrando as suas maiores canções, performances e conquistas. O episódio desta semana relembra um novo e fascinante momento da banda.


Para o que seria o nono álbum de estúdio do grupo, este seria também e pela primeira vez a primeira banda sonora de um filme. É, claro, Flash Gordon. Para uma banda dada a grandes espetáculos, parecia um ajuste perfeito, embora o produtor Dino De Laurentiis tivesse tido o seu momento de dúvida.


Em 1980, o trabalho em Flash começou em simultâneo com as sessões de gravação de The Game, no entanto o grupo estava determinado em tornar Flash num álbum dos Queen tanto quanto os anteriores.


Brian e Roger explicam como surgiu o projeto :

Roger Taylor: “Foi realmente uma oferta interessante do (produtor) Dino De Laurentiis, e Joe Smith, chefe da Elektra Records, foi o engenheiro de tudo realmente. E foi interessante, na verdade, porque o filme foi um grande sucesso na Europa e no Reino Unido, e fracassou completamente na América”.

Brian May: “Mas tornou-se uma coisa de culto mais tarde. Eu sinto-me muito orgulhoso da cena do Flash porque esta, foi realmente a primeira vez que uma banda sonora de rock foi verdadeiramente colocada num filme que não era sobre rock.

Houve muita resistência a ele, muitas pessoas disseram que não iria funcionar, incluindo Dino. Quando ele ouviu pela primeira vez, disse "oh, não vai funcionar para o meu filme", ​​a ideia do rock estar lá. Mas ele logo se acostumou com a ideia e acabou por adorar.

Conforme o álbum The Game começou a levar mais tempo à banda, Brian assumiu a responsabilidade de colocar a banda sonora em ação. A faixa-título, Flash, seria o único single lançado, mas o álbum está repleto de músicas clássicas dos Queen - não menos importante, The Hero, que se tornou numa fantástica abertura para os espetáculos ao vivo... como pode ser visto na apresentação da banda em Milton Keynes, Reino Unido, a 5 de Junho de 1982.

Compreensivelmente, este projeto levantou a questão na época se os Queen considerariam fazer outra banda sonora de filme ...

Roger Taylor disse na época: “Essa coisa de filme era muito interessante, e se alguém vier com uma oferta realmente fascinante para outro filme, talvez possamos pensar sobre isso. (...) Mas somos uma banda de rock and roll, acho que seremos sempre.

É claro que os Queen voltaram a marcar pontos, seis anos depois, com sua segunda banda sonora, o enorme sucesso Highlander. Esse período será abordado na série mais tarde.


Próxima semana - Queen: The Greatest Greatest Hits.


Fonte: Queen Online