Trinta anos sem o nosso querido Freddie Mercury


Dear Freddie, faz hoje trinta anos que partiste, naquele domingo de novembro, resguardado no teu Garden Lodge. Nesse dia conquistavas a eternidade, depois da tua enorme batalha contra o malfadado vírus da SIDA, onde lutaste como um verdadeiro herói!


Sabes, nesse momento o planeta ficou tragicamente mais pobre…sim querido, tu és mesmo uma lenda! O Mundo chorou a tua partida. Deixou de estar entre nós um visionário, um entertainer sem par, um exímio músico e compositor…ninguém queria acreditar que tinhas partido.


Bem sabemos que aquele teu personagem em palco, que tantas pessoas conquistou e ainda continua a conquistar, era isso mesmo, um personagem único, mas que por trás tinha um ser extremamente doce e meigo.


Pediste para nunca te tornarem aborrecido e, trinta anos depois, continuamos a ouvir a tua voz… continuamos a ouvir a tua banda…que durante todos estes anos tem brilhantemente correspondido ao teu pedido… Never Boring Dear. Querido, até já tens um filme, com óscares e tudo, e adivinha… Conquistaste a América, é mesmo verdade!


Podemos garantir-te que em cada canto deste planeta tens um fã, somos tantos e tantos, olha e muitos de nós nascidos depois da tua partida, vê bem o teu feito querido!


Juntos formamos uma verdadeira legião de leais defensores do teu legado, por isso a tua voz não se calou e nunca se calará!


Não fosse esse malfadado vírus, quem sabe outras obras primas nos poderias ter deixado. Temos tantas saudades tuas, por aqui continuas a comover multidões da mesma forma que o fizeste naquele teu primeiro concerto.


E por falar em concertos, trinta anos depois acreditamos que hoje em dia ainda estarias na estrada com os teus eternos companheiros de viagem.


Podem já ter passado trinta anos, mas querido Freddie continuas bem vivo nossos corações!


Obrigado por tudo!

We Still Love You Freddie!