O álbum de selos de infância de Freddie Mercury será exibido no Museu Postal de Londres


(Fotografia do © The Postal Museum)


No próximo dia 13 de Julho e até ao dia 30 de Outubro, o álbum de selos de infância de Freddie Mercury estará em exibição no Museu Postal de Londres pela primeira vez.


O Museu Postal de Londres exibirá assim pela primeira vez um dos bens de infância de Freddie Mercury - o seu álbum de selos.


O álbum estará em exibição no Museu de 13 de Julho a 30 de Outubro deste ano e faz parte das comemorações do 50.º aniversário do movimento do orgulho britânico.


O álbum de 54 páginas consiste predominantemente em selos da Comunidade Britânica e revela não apenas o início da vida de Freddie em Zanzibar, mas também o seu talento artístico.


Freddie Mercury, nascido Farrokh Bulsara (1946-1991), passou a sua infância em Zanzibar, onde seu Pai Bomi trabalhava para o Escritório Colonial Britânico. A paixão de Bomi por colecionar selos foi passada para o seu filho, que se acredita ter colecionado dos nove aos doze anos.


Depois da família se ter mudado para o Reino Unido na década de 1960, Freddie estudou design gráfico na Ealing College of Art. O seu talento artístico pode ser visto na criação das páginas. Os desenhos costumam usar a forma e a cor dos selos para produzir simetria nas páginas.


A curadora Georgina Tomlinson afirmou:


"O Museu Postal tem o prazer de mostrar este item raro da infância de Freddie Mercury que estamos a exibir para comemorar os 50 anos do Orgulho no Reino Unido. O álbum é uma visão surpreendente do início da vida de um homem que é recordado em todo o mundo pela sua incrível proeza musical e presença teatral no palco."


O álbum foi comprado em leilão em 1993 com os lucros a serem cedidos para aMercury Phoenix Trust. Desde então, o álbum foi exibido em eventos de selos no Reino Unido, Praga e Austrália, bem como em exposições itinerantes.


Além de poderem ver o álbum no museu, os visitantes poderão também explorar todo o álbum página por página no site do The Postal Museum - www.postalmuseum.org.



Fonte: Queen Online