top of page

Os Queen recebem o BRIT Billion Award


Brian May, Roger Taylor, Queen

Os nossos Brian May e Roger Taylor são os últimos artistas a receber o prémio que celebra mais de mil milhões de streams no Reino Unido.


Os Queen foram então galardoados com um BRIT Billion Award pela BPI, a voz representativa das principais editoras discográficas e empresas de música do Reino Unido, que é também a sede dos BRIT Awards.


O BRIT Billion Award celebra o feito notável da banda enquanto artista discográfico ao ultrapassar o marco de mil milhões de streams de carreira no Reino Unido - tal como calculado pela Official Charts Company.


Os êxitos dos Queen mais transmitidos incluem clássicos como Another One Bites The Dust, Bohemian Rhapsody, Crazy Little Thing Called Love, Killer Queen, Radio Ga Ga, Under Pressure, We Are The Champions e We Will Rock You, entre muitos outros.


A receber o prémio para os Queen estão Sir Brian May e Roger Taylor OBE, que foram presenteados com um troféu personalizado em forma de "B" dos BRITs e incorporando numa estatueta. O prémio atribuído aos Queen coincide com o 50.º aniversário do álbum de estreia homónimo da banda, lançado em Julho de 1973 - o mesmo ano em que a BPI foi criado nas suas actuais funções.


Sir Brian May, dos Queen, falou sobre o BRIT Billion Award: "Obrigado por oferecerem aos Queen o BRIT Billion Award. Estamos gratos a todos os nossos fãs que nos apoiam e continuam a apreciar a nossa música. Rock on BPI".


Roger Taylor OBE, membro dos Queen, acrescentou: "Estou entusiasmado por aceitar o BRIT Billion Award em nome dos Queen, que celebra o facto de ter sido transmitido mais de mil milhões de vezes no Reino Unido, o que é incrível. Gostaria de agradecer a todos os que tiraram um bocadinho de prazer da nossa música. Ainda estamos por cá e esperamos continuar a divertir-vos um pouco. Obrigado".


Os Queen têm tido uma série de ligações com a BPI ao longo das suas histórias cinco décadas.


O álbum de estreia hóminimo da banda foi lançado em Julho de 1973, no mesmo ano em que a BPI foi constituída como associação comercial. Enquanto os Queen foram dos primeiros artistas a participar na cerimónia inaugural dos BRIT Awards em 1977 (tendo ganho o prémio de Melhor Single Britânico com Bohemian Rhapsody). Desde então, o aclamado Greatest Hits da banda foi certificado como o álbum mais bem sucedido de todos os tempos no Reino Unido, entre vendas e streams combinados.


O Dr. Jo Twist OBE, Diretor Executivo do BPI, afirmou:


"Poucos artistas terão feito mais para popularizar e promover a música britânica em todo o mundo do que os Queen. O termo icónico mal faz justiça às suas realizações monumentais como artistas discográficos - com o seu Greatest Hits a ser o álbum mais bem sucedido de sempre no Reino Unido e o seu conjunto de canções clássicas agora celebrado por ter sido transmitido mais de mil milhões de vezes no Reino Unido.


"Os Queen ocupam um lugar especial no coração da BPI - o seu álbum de estreia hómonimo saiu no mesmo ano em que fomos formados e foram dos primeiros artistas a ganhar um BRIT Award inaugural - por isso não podíamos estar mais felizes por terem sido agora homenageados com um BRIT Billion Award neste ano do nosso 50.º aniversário."


O Ministro das Indústrias Criativas e fã de longa data dos Queen, John Whittingdale, afirmou:


"É fantástico ver a BPI assinalar o seu 50.º aniversário com um novo prémio que reconhece o êxito das maiores estrelas britânicas na era digital. Graças ao streaming, as audiências futuras poderão desfrutar da sua música durante muitos anos.


Parabéns aos Queen por terem atingido este marco histórico. Como fã de longa data, estou encantado por receberem este reconhecimento, uma vez que a sua magia continua a entreter milhões de seguidores em todo o mundo."


Lançado oficialmente em Maio de 2023, a primeira vaga de artistas a receber o prémio BRIT Billion incluiu as superestrelas mundiais ABBA, Coldplay, Mariah Carey e Whitney Houston, os artistas pioneiros de Rap e Hip-Hop AJ Tracey e Headie One, e os artistas Pop e cantores-compositores que dominam as tabelas Anne-Marie, Ellie Goulding, George Ezra, Lewis Capaldi, RAYE, Rita Ora e Sam Smith.


O prémio BRIT Billion reflecte a forma como o streaming transformou o panorama musical, tanto para os artistas como para os fãs, ao longo da última década - mais de 85% do consumo de música gravada no Reino Unido é agora feito através de streaming e, em 2022, registou-se um recorde de 160 mil milhões de streams de áudio no Reino Unido, no total.




bottom of page