top of page

Queen The Greatest Live | EP 29: Um momento inesquecível


'Queen The Greatest Live' – A série The Greatest regressa com uma celebração de um ano dos Queen ao vivo.


Eis a nova série dos Queen - Queen The Greatest Live - que durante 50 semanas irá entrar nos bastidores para revelar o que é necessário para criar um espectáculo da banda. A série irá incluir momentos de performances icónicas dos Queen e, acima de tudo, demonstrar a razão pela qual são considerados o derradeiro espetáculo ao vivo.


Com reviravoltas e prazeres inesperados, a experiência ao vivo dos Queen há muito que se baseia em surpreender o público. E não há melhor exemplo disso do que este momento aglutinador na Hungria, em 1986, quando a banda se afastou do seu próprio catálogo para interpretar uma canção folclórica tradicional, criando um momento histórico e verdadeiramente inesquecível.


Como uma das primeiras bandas Rock verdadeiramente internacionais, os Queen nunca deixaram que a barreira da língua os impedisse de nada. Tendo já aberto caminho até à América do Sul no início dos anos 80, o grupo voltou a abrir caminho na Magic Tour dessa década, viajando até à Hungria para um espetáculo esgotado no Népstadion em Budapeste. Antes mesmo de uma nota ser tocada, o espetáculo de 27 de julho de 1986 estava carregado de significado, representando o primeiro concerto realizado por uma grande banda Rock da Europa Ocidental atrás da Cortina de Ferro. "Gostamos de ir a sítios onde é um desafio", observou Brian May - e isso aplicava-se certamente a um país onde o comunista György Lázár ainda dominava.


Como se pode ver no lançamento do ano seguinte, Queen: Live In Budapest (mais tarde reetitulado como Hungarian Rhapsody), o público do Népstadion estava perfeito enquanto a banda tocava os êxitos (as "restrições brandas do governo ao comportamento do público" permitiam cantar e bater palmas, mas não fumar e beber).


O episódio desta semana do Queen The Greatest Live capta o eletrizante momento em que Freddie Mercury e Brian May interromperam o seu habitual mini-set acústico para uma interpretação surpresa da canção folclórica tradicional húngara, Tavaszi Szél Vizet Áraszt (o título traduz-se aproximadamente como Spring Wind Floods Water).


Observem com atenção e poderão ver Freddie a abrir discretamente os dedos para ler a letra escrita foneticamente na palma da sua mão. A atuação emocionante da dupla - vista por 80.000 fãs e ouvida por mais 45.000 no exterior do Népstadion - provou ser um grande momento de união entre o Oriente e o Ocidente. "A reação nessa altura", recorda Brian, "foi ensurdecedora". E continuou: "Essa noite foi fantástica, com a canção popular húngara e toda a atmosfera. Pode parecer um exagero, mas foi como se tivéssemos dado um passo em direção ao infinito nessa noite."


Próximo Episódio: Queen The Greatest Live | EP 30: Os Fãs




Foto: © Queen Productions


Commentaires


bottom of page