Os Queen encontram uma gravação perdida de um dos seus primeiros concertos


Brian May admitiu que os Queen estão a debater-se sobre o lançamento de uma gravação de um dos seus concertos de início carreira.


Com a enorme fama que os Queen possuem, a sua história está bem documentada. Desde o início, as primeiras apresentações na televisão inglesa, até aos seus lendários espectáculos ao vivo, como o mítico Live At Wembley ‘86.


No entanto, uma gravação de um tempo antes da fama foi agora descoberta. Os membros dos Queen revelaram que descobriram uma gravação de um dos seus primeiros concertos e podem estar a considerar lançá-la.


O nosso Brian revelou à revista Classic Rock que recentemente redescobriu uma fita de um dos primeiros concertos da banda no Imperial College em Londres.


Estamos sempre a procurar encontrar coisas que sejam historicamente importantes”, afirmou Brian. “E esta fita que foi descoberta muito recentemente e que deixou bastante animado, é um dos primeiros espectáculos que fizemos no Imperial College. Eu nem sabia que tinha a fita”, disse Brian.


Embora Brian não especifique a data do concerto no Imperial College, local onde aconteceram diversos concertos nos primórdios da banda, incluindo a primeira actuação dos Queen em Londres a 18 de Julho de 1970, com o baixista original Mike Grose, falecido em 2019.


Tínhamos pouca prática”, e Brian continuou “Ouvir o Freddie naquele ponto do seu desenvolvimento é fascinante. Ele tinha toda a vontade, o carisma e a paixão, mas ainda não tinha tido a oportunidade de aproveitar aquela voz. O que me deixa um pouco apreensivo, pois não tenho certeza se Freddie ficaria assim tão feliz em ouvir-se a si mesmo naquela fase. Mas, estranhamente, se ele estivesse vivo e sentado aqui agora, provavelmente diria a mesma coisa que eu: “Oh, darling, éramos crianças”, disse o nosso guitarrista.


Estamos a debater o que fazer. Há alguns anos, teríamos nos sentido muito protectores e pensaríamos: "Ninguém deveria ouvir isso, porque eramos muito verdes." Mas agora, na posição em que estamos das nossas vidas, sentimo-nos autorizados. Não temos vergonha de onde estávamos naquela época. Éramos nós contra o mundo” - Brian May.


Fonte: A Queen Of Magic