top of page

Queen The Greatest Live | EP 22: We Will Rock You


'Queen The Greatest Live' – A série The Greatest regressa com uma celebração de um ano dos Queen ao vivo.


Eis a nova série dos Queen - Queen The Greatest Live - que durante 50 semanas irá entrar nos bastidores para revelar o que é necessário para criar um espectáculo da banda. A série irá incluir momentos de performances icónicas dos Queen e, acima de tudo, demonstrar a razão pela qual são considerados o derradeiro espetáculo ao vivo.


Neste episódio continua-se a explorar como os temas de Queen são adaptados do estúdio para o palco, desta vez revisitando imagens de arquivo de um dos mais intemporais clássicos da banda, para descobrir como essa transição pode muitas vezes inspirar resultados inesperados.


Poucas músicas se enraizaram tanto no coração da cultura popular como We Will Rock You – e este clássico intemporal dos Queen tem evoluido juntamente com o mudar dos tempos. Quando Brian May apresentou o tema para o álbum de 1977 News Of The World, a banda gravou a versão original sem bateria (em vez disso os quatro membros usaram as suas batidas de pés e palmas). "Não tinha a certeza se iria soar como uma música a sério," disse Brian à Guitar World. "Mas assim que ouvi o Freddie a cantá-la, comecei a ficar mais confiante, porque ele soava quase como um instigador de multidões."

Tocada ao vivo na News of the World Tour e rapidamente conquistando o seu estatuto vitalício como uma música obrigatória na setlist dos Queen (normalmente seguida de We Are The Champions), We Will Rock You mudou de forma vezes sem conta. No episódio da semana passada, Brian explicou como a plateia de Queen, reclamou como seu o ritmo contagiante do tema - "Tornou-se numa extravagância de bateria e o público canta-a."


Agora, raras imagens de arquivo revelam como a banda reinventou We Will Rock You através das eras, experimentando com o tempo, a instrumentalização e muitas outras variáveis. A abrir com o famoso espectáculo em Budareste, no Népstadion, a 27 de Julho de 1986, vemos a performance que mais se aproxima do original de estúdio, com Roger Taylor a conduzir o ritmo icónico com a sua bateria.


Mas uma versão mais acelerada de We Will Rock You sempre existiu em paralelo, e o tema torna-se num animal muito diferente num concerto em 1977, em Houston, onde enquanto Brian ataca a sua Red Special com uma ferocidade quase Punk, um Freddie em casaco de cabedal grita a sua parte vocal. A música volta a mostrar a sua intensidade no concerto de 1982, no Milton Keynes Bowl. Enquanto que, em Novembro de 1981, no Forum de Montreal, as harmonias vocais dos quatro membros dos Queen aparecem mais em destaque do que nunca, quando a banda escolhe o icónico tema como música de abertura.


Próximo Episódio: Queen The Greatest Live | EP 23: Another One Bites The Dust


Foto: © Queen Productions Ltd







bottom of page